FAQs

Avaliação periódica

Neste caso existe vários momentos de avaliação distribuídos ao longo de cada unidade curricular. A avaliação periódica pode integrar as seguintes modalidades de avaliação:

  • Frequências ou testes escritos individuais;
  • Trabalhos escritos;
  • Realização de projetos;
  • Apresentações, em sala de aula, de temas especialmente preparadas pelo(s) estudante(s) para o efeito;
  • Participação nas aulas;
  • Mini-testes.

Avaliação por exame final

Neste caso realiza-se apenas uma prova no final do semestre, na chamada época normal, por meio de um exame final, escrito ou oral.

Todas as unidades curriculares, com exceção da tese, dispõe de época de recurso, época especial e época extraordinária.

O aluno que não obtenha aprovação na época normal ou pretenda subir a nota tem sempre livre acesso à época de recurso. Esta ocorre sempre a seguir à época normal de exames.

A melhor avaliação obtida entre as várias épocas de avaliação (época de frequência/época normal; época de recurso; época extraordinária e época especial) é a nota final do aluno numa dada unidade curricular.

As épocas especial e extraordinária dirigem-se a alunos em situações especiais que a Universidade de Coimbra reconheça, tendo acesso a épocas próprias para a sua avaliação.

Algumas das condições especiais que dão acesso a uma ou ambas as épocas são:
estudantes dirigentes associativos, estudantes atletas, trabalhador-estudante, estudantes finalistas, entre outras.

Época Especial:

  1. Se o direito especial registado na sua ficha for um dos destacados na página do SGA (com ») não precisa de efetuar requerimento ou realizar outra diligência junto dos Serviços, basta inscrever-se no exame da unidade curricular:
    Aceda ao Inforestud@nte e entre no menu Balcão Académico»»Inscrição em Exames;
    Escolha o ano letivo atual e clique no link "Adicionar Inscrição";
    Siga as instruções e selecione a(s) unidade(s) curricular(es) a que pretende inscrever-se para realizar exame especial.
  2. Se o direito especial que lhe dá acesso a realizar exame especial é um dos restantes (não destacado com », como como doença e internamento, por exemplo), tem que requerer acesso ao exame especial através do InforEstudante:
    no menu lateral "Balcão Académico » Requerimentos";
    a seguir clicar em "Adicionar" e escolher o requerimento do tipo que se adapta ao que pretende;
    ler atentamente a informação que o descreve e o conjunto de avisos que se consideram úteis para o apoiar;
    digitalizar e anexar ao pedido a documentação comprovativa da situação.

Época Extraordinária:
Para as unidades curriculares normais, os exames extraordinários decorrem no início de cada ano letivo, no mês de outubro, e após o 1º semestre, no mês de março.
A época de outubro é o primeiro momento de avaliação de cada ano letivo.
Para dissertações e similares, a defesa em época extraordinária pode ter outras datas definidas pelas faculdades.

Para realizar a inscrição basta:
Aceder ao InforEstudante, e seleccionar no menu lateral a opção "Balcão Académico » Requerimentos";

Adicionar um dos seguintes tipos de pedidos de acordo com a época em que pretende inscrever-se - de outubro ou de março:

[Alun@s] Antecipação/inscrição para Época Extraordinária do 1º Semestre (outubro);
[Alun@s] Antecipação/inscrição para Época Extraordinária do 2º Semestre (março);

e por último, seguir as instruções, inserir os dados solicitados e lacrar o pedido.

Os resultados da avaliação, qualquer que seja a modalidade adotada, são divulgados até catorze dias seguidos após a realização da mesma.

Se a comparência numa prova de avaliação depender de classificações anteriores, estas são divulgadas, com uma antecedência mínima de três dias seguidos antes da data marcada para a realização dessa prova.

Se algum destes prazos não está a ser cumprido deves contactar o delegado de ano representante da cadeira em questão.

O estudante que, para qualquer unidade curricular à exceção da tese e estágio, tenha intenções de melhorar a classificação obtida em ano(s) anterior(es) ou mediante creditação, pode fazê -lo voltando a inscrever-se e a frequentar a referida u. c., desde que a mesma se mantenha em funcionamento, estando apenas sujeito ao número máximo de ECTS em que se possa inscrever sendo a melhoria de nota considerada uma reinscrição.

Nas situações de melhoria de classificação, é sempre considerada a classificação mais alta.

De acordo com o plano de estudos em vigor, terás hipótese de te inscrever em cadeiras opcionais. Na Licenciatura de Gestão esta possibilidade ocorre no 3º ano letivo.

Dependendo dos limites impostos, terás que escolher entre um conjunto predefinido de cadeiras disponíveis, que, nalguns casos, poderá ser qualquer uma das unidades curriculares que o curso oferece.

Tens a oportunidade de frequentar unidades curriculares isoladas pertencentes a um curso diferente do teu, quando pretendes mudar de curso, ou queres aprender mais sobre um dado tema, por exemplo.

  • Se quiseres mudar de curso, as unidades curriculares que frequentaste poderão ser-te creditadas aquando da mudança de curso, mediante pedido de creditação (e respetivo pagamento de emolumentos), desde que tenhas obtido aprovação nas mesmas.
  • Se te encontras prescrito, as unidades curriculares que tiveste poderão ser-te creditadas aquando do reingresso no curso, mediante pedido de creditação (e respetivo pagamento de emolumentos), desde que tenhas obtido aprovação nas mesmas.
  • A UC dá aos estudantes a possibilidade de se inscreverem numa qualquer cadeira de outro curso por semestre gratuitamente. Apesar de livre, essa inscrição é sujeita a avaliação podendo ser negada. As inscrições são feitas no início do ano letivo, juntamente com a inscrição nas cadeiras do respetivo curso. Neste caso, não é possível pedires equivalência à mesma para o teu plano de estudos.

A fraude ou a sua tentativa em ato de avaliação tem como consequência a inviabilização dessa mesma avaliação e leva à reprovação liminar do estudante na unidade curricular em questão, podendo causar a abertura de processos disciplinares ao estudante em causa, que, em último caso, poderão levar à sua expulsão da Universidade de Coimbra.

O horário é escolhido no início de cada semestre em: Inforestudante>Balcão Académico>Inscrições em Turmas, selecionando-se de seguida o curso pretendido e posteriormente as cadeiras a frequentar. Posteriormente, realiza-se o preenchimento do horário.

Os horários encontram-se disponibilizados dias antes da data da sua escolha, em https://www.uc.pt/feuc/informacoes/horarios.